Congresos de la Universitat Politècnica de València, HAC2018 - V Congreso Iberoamericano de Hormigón Autocompactable y Hormigones Especiales

Por defecto: 
Betão de alta resistência reforçado com fibras exposto a elevadas temperaturas
Vítor Manuel Cunha, Taghreed Al-Rikabi, Joaquim António Barros

Última modificación: 20-02-2018

Resumen


Atualmente, a utilização de betões de elevada resistência tem vindo a aumentar, nomeadamente, em aplicações com requisitos especiais, tais como arranha-céus, torres eólicas, centrais nucleares, etc. No entanto com o aumento significativo da resistência, este tipo de material desenvolve um comportamento significativamente mais frágil. Adicionalmente, quando expostos a elevadas temperaturas, como no caso de incêndio, dependendo da temperatura e tempo de exposição poder-se-á verificar uma diminuição significativa da resistência à compressão, fissuração bem como uma rotura explosiva.

Neste trabalho apresentam-se e discutem-se os resultados do estudo da influência da temperatura no comportamento mecânico de betão de alta resistência reforçado com fibras de aço. Diversos provetes de betão de elevada resistência foram expostos a distintas temperaturas durante um período superior a uma hora, designadamente, 400º, 500º, 600º e 700ºC. O comportamento mecânico, após exposição às diferentes temperaturas, foi avaliado através de ensaios de compressão, flexão e tração uniaxial e posteriormente comparado com o betão de referência (exposto à temperatura ambiente).

DOI: http://dx.doi.org/10.4995/HAC2018.2018.5464