Congresos de la Universitat Politècnica de València, HAC2018 - V Congreso Iberoamericano de Hormigón Autocompactable y Hormigones Especiales

Por defecto: 
Efeito dos agregados graúdos reciclados nas propriedades de concretos autoadensáveis dosados por empacotamento de partículas
Ivanny S.G. Cavaliere, Renan S. Campos, Mônica Pinto Barbosa, Ana Elisabete E.P.G.A. Jacintho

Última modificación: 20-02-2018

Resumen


A construção civil é responsável por significativos impactos ambientais, uma vez que é expressiva consumidora de recursos naturais e energia, como também grande geradora de resíduos sólidos. A escassez destes recursos e a crescente preocupação com o meio ambiente tem levado a sociedade a buscar soluções de desenvolvimento sustentável. Uma das maneiras de mitigar tais impactos é a utilização de agregados reciclados na produção de concretos. Os agregados reciclados apresentam maior absorção de água e menor resistência mecânica e densidade quando comparados aos agregados naturais, fatores esses que irão influenciar nas propriedades dos concretos produzidos. Desta forma, o objetivo deste estudo foi investigar o efeito dos agregados graúdos reciclados nas propriedades de concretos autoadensáveis (CAA), tanto no estado fresco quanto no estado endurecido. Os concretos foram dosados com base no conceito de empacotamento de partículas, que se refere a correta seleção e proporção dos materiais particulados, de maneira que as partículas menores preencham os vazios entre as partículas maiores, de forma sucessiva. Foram analisadas quatro composições de CAA, sendo que uma delas empregou apenas agregados naturais, e serviu de referência para este estudo. As demais misturas utilizaram agregados graúdos reciclados em substituição a brita natural, em teores de 20, 50 e 100%. No estado fresco foram avaliadas a capacidade de preenchimento por meio do ensaio de espalhamento, a viscosidade plástica através do funil V, a habilidade passante por meio da caixa L e a resistência à segregação através do ensaio da coluna de segregação. No estado endurecido foram determinadas as resistências à compressão e à tração por compressão diametral e o módulo de elasticidade. Os resultados obtidos demonstraram que todas as composições apresentaram bom desempenho no estado fresco, no entanto, foi verificado que as propriedades mecânicas decresceram consoante o aumento no teor de agregado reciclado.

DOI: http://dx.doi.org/10.4995/HAC2018.2018.5621