Congresos de la Universitat Politècnica de València, Congreso Internacional INFOACES2013

Por defecto: 
Gestão Estratégica Universitária – estudo de caso de UNISUL: visão, pensamento e planejamento estratégico orientados pelas premissas de UNESCO (ambientes de aprendizagem, aprendizagem significativa e pertinência)
Luciano Rodrigues Marcelino

Última modificación: 10-02-2014

Resumen


Já não é mais possível gerir uma instituição de ensino superior com sucesso com base em regras sólidas, estáveis e duradouras, ou com simples extrapolações das tendências atuais. Ao contrário, tem que se olhar para o futuro, definir objetivos, estratégias e as respectivas políticas. Em todas as áreas tem que se ultrapassar a experiência e formação e captar a fotografia global.

Num mercado tão complexo como da educação superior e em constante evolução, as instituições não conseguem responder a dinâmica da competitividade quando apenas alguns dos gestores estão envolvidos na formulação e implementação de estratégias. Faz-se necessário desenvolver um pensamento estratégico em todos os níveis hierárquicos a fim de se buscar o alinhamento estratégico necessário, a partir da tradução das estratégias que muitas vezes ficam concentradas na “alta gestão”.


Texto completo: PDF